domingo, março 25, 2007

Lula channel

De grão em grão a galinha enche o papo. Assim move-se o partido dos trabalhadores na busca pela hegemonia, e domínio da política no Brasil. O mais novo grão papado é a criação da TV Estatal, a já apelidade Lula Channel, que custará inicialmente aos cofres dos cidadãos brasileiros 250 milhões de reais. A idéia é propagandear as ações do governo e encombrir as mazelas que ocorrem nos porões, e salas ao lado, do presidente Lula. Tudo com dinheiro de nossos impostos. Ou seja, nosso dinheiro para pagar mais propaganda ainda do governo. Não bastasse os exageros cometidos em 2005 e 2006. Bem relevante para o país não acham?

A Globo e a Record, são as empresas que mais perdem com a criação do Lula Channel. Ironicamente, as duas contribuíram enormemente para a reeleição de Lula. Uma fazendo o príncipio do contra-ponto, mesmo que demedido, e a outra fazendo um jornalismo chapa-branca, já que o vice de Lula é do partido da Igreja Universal. Acontece, que tendo uma nova concorrente, que nunca irá falir pois será sempre sustentada por nossos impostos, elas terão que se comportar como o governo deseja. Ou isso, ou suas feridas serão expostas. A Globo com sua enorme dívida, e a Record com sua relação promíscua com a Igreja Universal. Além disso, sempre o dinheiro. Falou mal do grande líder Lula, não recebe a mesada.

Mas quem mais perde com isso mesmo é o povo. O dever do estado não é se auto-propagar. De que adianta um jornalismo sempre a favor do governo? É uma ilusão acreditar que um jornalista dessa TV estatal terá a liberdade de falar mal de seu chefe, assim como não se vê no Jornal da Record falando mal da Igreja Universal. A unanimidade é burra, e é este o objetivo da criação do Lula Channel: Emburrecer-nos.

Leia mais:
TV do Lula deve custar mais de R$ 250 milhões
A absurda proposta de uma rede de TV estatal
Depois da TV estatal, sonho de Lula é o partido único
Deputado tucano teme que TV do Executivo vire TV Lula

6 comentários:

CAntonio disse...

Caro Tiago,

Quem entende do ramo, afirma que por menos de 500 milhões a coisa não sai do papel.

E como no Governo do Lulla tudo aumenta em proporções nunca antes vista, 1 bi é pouco.

Aguardemos com a bunda colada na cadeira e vendo a banda passar: essa é a nossa brasileira forma de protestar.

SDS.

Anônimo disse...

hegemonia, com H !

Tiago Albineli Motta disse...

Texto corrigido. Muito obrigado :)

Passarim disse...

Tiago,

Vargas, o ditador sucidado, também tinha um aparelho de promoção de seu governo. Lulla também quer o seu, com o meu e seu dinheiro. Abs do Aparte.

ronjacinto disse...

Canal do Apedeuta=ânus,só passa merda.

Patrício no Pilar disse...

caro tiago ... é como vc diz : no brasil sai um coronelzinho e entra outro... atraso total... e para que caminho aponta o país com esse apagão aéreo ? mais atraso... abraço, boa semana e obrigado pela visita ao meu blog e por adiciona-lo aos seus favoritos...