quinta-feira, outubro 16, 2008

Alguma opiniões sobre a eleição municipal do Rio

"O novo nesta eleição tem 67 anos e propõe uma administração técnica, sem politicagem. O velho tem apenas 38 anos, sua candidatura virou um balaio de gatos, onde quem o criticava no primeiro turno agora só vê virtudes, para não perder uma boquinha na prefeitura. A esquerda não tem mais moral no Rio para defender nada nem se apresentar como tal. Lendo as cartas de hoje, vejo uma pessoa que só pode não ter vivido 68 para chamar o sequestro do embaixador americano Charles Elbrick de crime hediondo. Até o embaixador agradeceu ao grupo o bom tratamento recebido e entendeu a luta política do grupo, que tinha entre eles Wladimir Palmeira, que agora apóia Paes. Outro eleitor critica o fato de Gabeira ter defendido a legalização da maconha. Sérgio Cabral também o feze defendeu a descriminalização do aborto. Chega de fisiologismo!"
Roberto Pereira do Santos (Em e-mail ao Jornal O Globo 14/10)

"Até estaria com ele (Eduardo Paes) se ele não estivesse no PMDB. Não dá para ficar com o PMDB que no Estado é Garotinho, Rosinha, Álvaro Lins, Picciani, Paulo Mello, Natalino. Quando peço a alguém para votar no Gabeira, vai além da admiração que tenho por ele. Segmentos conservadores nas Forças Armadas e na política estão votando no Gabeira porque a questão ética está acima de qualquer outro propósito."
Rodrigo Pimentel, ex-oficial da PM, um dos autores de do livro "Elite da Tropa" ao Jornal O Globo de 14/10

Um comentário:

Magui disse...

A coisa tá feia por estas paragens!!!!!!!!
Eu acho que não é mais caso de prender-se ao que aconteceu há tanto tempo.Muita água já correu por baixo da ponte!Inclusive, estão falando demais da época da ditadura.Na TV Câmara só dá este assunto nas reportagens.A humanidade anda pra frente...