sexta-feira, agosto 25, 2006

Economia no governo atual

Lula estava certo quando em entrevista ao Jornal Nacional anunciou que a única coisa que cai em seu governo é o salário. Como pôde ser visto na pesquisa do IBGE divulgada ontem, o desemprego está aumentando e a renda está caindo. Ou seja, o governo Lula não está aproveitando a boa sorte de um período de prosperidade mundial. Imagina então ano que vem, quando uma crise está mais que certa, devido aos sinais de problemas na economia americana.

Estima-se que só de investimentos diretos nos setores de energia, rodovias, telefonia e mineração o Brasil tenha perdido nesses três anos de governo Lula 40 bilhões de dólares. Isso por causa do sucateamento das agências reguladoras. Investir nessas áreas no Brasil tornou-se inseguro, pois não se sabe mais quando as regras vão mudar. Se as agências continuassem com seu poder e independência, os investidores teriam a garantia de que situação semelhante à da Bolívia não ocorreria no Brasil.

O governo Lula, além de contigenciar verbas de segurança, saúde e educação, contingenciou as verbas dessas agências em 80%. Além disso o abandono do agronegócio e o desleixo na fiscalização sanitária, que também teve verbas contigenciadas, trouxeram um prejuízo enorme. Todos esses contigenciamentos realmente foram necessários para garantir um superavit, uma vez que o governo Lula abusou no aumento de gastos administrativos, contratações desnecessárias e corrupção.

Com tantos aumento de gastos, o governo Lula teve ainda que aumentar a carga tributária. Esse mês tivemos mais um recorde na taxação, chegando a 37,7% do PIB. Tudo isso não está conseguindo manter a máquina governamental do PT. Esse talvez seja mais um motivo para a estagnação da economia. Dinheiro nosso mal gasto.

3 comentários:

José Alberto Mostardinha disse...

Viva:

A despesa pública é a responsável maior pelo atraso do desenvolvimento económico dos países.

Um abraço,


Dá uma saltada ao EG e deixa lá os teus comentários.

Passarim disse...

Chapu meu chapa,

Com tamanha carga tributária e a pessíma qualidade da infraestrutura do Pais, estamos ferrados. A despesa aumenta e a receita encolhe e a consequência é a estagnação financeira. Abs Jarbas

Anônimo disse...

Mingana Kewgosto Sam,

O ceu de brigadeiro mundial ainda continuara por certo tempo. Nem sinal da China parar de crescer um pouco, pelo contrario. EUA, as vezes, ameaca explodir sua bolhas economicas. Ta tudo ajudando o presidente Inacio. Dar um palacio ao Inacio, pra tira-lo nao vai ser facio. Como sou japones, tenho direito de escrever errado.