quarta-feira, agosto 02, 2006

Programa habitacional

Dar um teto a quem não tem onde morar. Essa sempre foi uma das prioridades de Geraldo Alckmin como administrador público. Em seu governo, mais de 1 milhão e 700 mil pessoas foram beneficiadas pelo programa de casas populares em mais de 600 municípios paulistas. São casas e apartamentos com 2 dormitórios, sala, cozinha, banheiro, lavanderia e bom acabamento. São Paulo tem hoje o maior programa habitacional da América Latina. São 220 mil casas e apartamentos populares entregues ou em construção.

10 comentários:

Keikas disse...

opa!!! voce irá usar os 2 blogs ou só blogspot?
abrços
kaka

elen disse...

Ai ai...esse caso de politica é fogo......hhehehehehehe
tenho opniões contrárias..mas deixa pra lá
bjo

De olho! disse...

BROTHER THANKS VERY MUCH. PELA VISITA E COMENTÁRIOS. ABRAÇOS!

De olho! disse...

CARAMBA! VAMO LUTA!

Anônimo disse...

Xiii,

Fez o rodoanel tambem, né.

Taise disse...

valeuu!!!!!!

Anônimo disse...

Não faz isso – puxar o saco do Chuchu – pois ele vai te desiludir lá na frente. O tremendo cerco feito à mídia de sampa não permitiu que viesse a tona a porrada de maracutaias destes tucanos. Só de CPI, foram abafadas mais de 60, meu chapa. Não embarque neste onda, que é fria.
Lula-lá, de novo, com a força do povo!!!

Tiago Albineli Motta disse...

Senhor anonymous, quer dizer então que o maior programa habitacional da américa latina implementada por Geraldo Alckmin é invenção da imprensa?

Se eu bem me lembro, para abrir CPI não é necessário o aval da mídia. Basta ter provas e vontade política para abri-la.

Não é questão de puxar saco. É questão de analisar e comparar os governos. Os 3 melhores governadores hoje são do PSDB, mesmo com o boicote de verbas de Lula.

Ricardo disse...

Gosto também do programa de segurança pública do Chuchu. Seu lema é "Tá tudo dominado". Pelo PCC, é claro. Culpa do Lula, né?

Tiago Albineli Motta disse...

Com certeza, se não é culpa do Lula é por omissão. Geraldo Alckmin implementou um sistema de segurança modelo em São Paulo, diminuindo em 60% o número de homicidios no Estado. Isso tudo sem gastar mais do que arrecada e com 85% de corte do governo federal frente à area de segurança.

Essa rigidez na segurança causou a ira do PCC. Mas o importante é não amolecer, como no RJ, onde o governo do estado com medo de ataques faz acordo com os traficantes.