terça-feira, agosto 15, 2006

Terrorista do PT

O candidato anti-Chuchu é parceiro político das Farc, colaborador da subversão comunista e mentiroso pego em flagrante inúmeras vezes, a começar por aquele documentário no qual, entre amigos, ele confessou que falsificava as estatísticas de pobreza para enganar os eleitores. Mais tarde, também num círculo discreto, admitiu que governava o Brasil em parceria secreta com estrangeiros e que ajudou Hugo Chávez, por baixo do pano, no referendo venezuelano de 2003. Só essas declarações já bastam para provar, acima de qualquer possibilidade de dúvida, que é um tipo amoral, maquiavelista cínico, indigno de confiança. Se recebeu ou não cinco milhões de dólares das Farc, é coisa que se discute; mas é certo que seu governo concedeu ilegalmente asilo político ao autodeclarado portador do dinheiro, o que só pode ser compreendido como retribuição de favor ou como generosidade arbitrária praticada em prejuízo das leis - Por Olavo de Carvalho

2 comentários:

Saramar disse...

Todas as provas contra esse indivíduo já foram levantadas e comprovadas, mas como todos os políticos ou estão comprados, ou são covardes, nada é feito e ele segue, intrépido mentiroso, cínico e impune.
É uma vergonha e um abuso.

Ricardo disse...

"Res, non verba."
Quosque tandem, Catilina, abutere patietia nostra...