quinta-feira, agosto 10, 2006

Má gestão pública

Neste mandato de Lula o contribuinte será obrigado a cobrir o buraco contábil de 9 bilhões de reais do fundo de pensão dos funcionários da Petrobrás. Esse dinheiro daria para fabricar quatro plataformas de petróleo, construir duas refinarias, financiar o bolsa família por um ano e pagar vinte vezes a operação tapa-buracos. Ou seja, essa conta toda será cobrada dos brasileiros que não têm nada a ver com a má administração do fundo. Não há retrato mais fiel do descaso com que o dinheiro público é gerido no Brasil.

2 comentários:

Angela disse...

Tiago,

Eu ficaria feliz se nosso prejuizo fosse só esse...

Mas ainda tenho esperanças, a entrevista de Lula no JN serviu para mostrar que o sapo não se sai bem sob pressão.

Pressão nele.

Um beijo

Angela disse...

Adorei seus artigos, muito bons, só não entendi o nick "chapundifornio", eu até fui no sistema de busca tentar descobrir, mas só achei você mesmo.

Muito bom seu blog, já linkei...